sábado, 18 de dezembro de 2010

Post 3 em 1



A UGT

Depois da Greve Geral, depois dos avisos do FMI e depois das sugestões das União Europeia e Entidades Patronais... a UGT tinha de voltar à normalidade. É certo e sabido que com muito custo e porque não podia ficar demarcada da grande acção de luta que foi a Greve Geral porque não tinha alternativa chegou a altura de fumar o Cachimbo da Paz com o Governo de Sócrates e agora pedir desculpa pela manifestações progressistas que teve ficando na foto com o Governo, para estas 50 medidas de miséria.
1.º Do que foi dito e é possivel apurar o governo de Sócrates vai criar um fundo para despedir (e o mais certo é que trabalhadores paguem para ele)!
2.º Vão criar um tecto (já se fala no máximo de 12 salários, o que lixa quem tenha mais de 12 anos trabalho numa empresa)
3.º Vão colocar a adaptabilidade fora da contratação colectiva, deixando o trabalhador a negociar sozinho com o patrão.
4.º As normas do despedimento colectivo serão iguais para o privado e para o sector público e isto para que os primeiros despedimentos na CP e Transtejo sejam também mais baratos.
E ainda faltam 46 medidas..... 
A UGT concorda com isto tudo e agacha-se perante Sócrates, com medo que ele lhe corte a colecta e a deixe à beira da insolvencia. Isto não é uma Central Sindical , é antes uma Central do Capital! Fica à vista de todos, menos de um mês depois da Greve Geral.

MÚSICA

Nota: Importamos muito da música lá de fora Hoje são as Ladys Gagas, Beyounce entre tantas outras. É bom ver que esta voz é portuguesa e que já marca pontos lá fora!

CUBA - FARINAS E WIKILEAKS - MANNING - EUA
Farinas é um nome que não passa despercebido pelas sucessivas noticias, videos, entrevistas e greves de fome que tem tido ao longo da sua prisão em Cuba!  Foi galardoado com o prémio Sakharov de 2010 e apelou à União Europeia para apoiar a oposição em Cuba numa declaração por telefone depois de ter sido impedido a participar na atribuição do dito cujo. O Governo Cubano acusa-o de espionagem, apanhado com passaporte falso, acusado de actos de terrorismo em Cuba nos anos 90 contra estâncias turisticas e que preparava acções de desestabelização antes das eleições na Venezuela. O caso Wikileaks colocou a nu várias contradições do sistema capitalista, para além da denúncia das entranhas dos EUA como bloco/potência politico-militar do Imperialismo e que pretende dominar e controlar o mundo e governos. O caso do soldado Manning que está detido com a acusação de que terá sido ele a ceder à Wikileaks documentos sobre a acção dos EUA no Iraque podia muito bem ser um caso idêntico e similar ao de Farinas, contudo as diferenças são significativas entre ambos os casos. Um foi condenado pelas instâncias legitimas, diga-se tribunal. O outro, Manning está preso sem julgamento à 8 meses em regime de solitária e com suspeitas de tortura psicológica, tendo como objectivo, pressionar com vista à criminalização do lider da Wikileaks. O papel da Comunicação social no caso de Cuba foi um e agora é outro! Afinal um país não é democrata e outro é! Ou será que não?






1 comentário:

  1. Passo para um hiato: Desejar para ti e para os Seus um Luminoso Natal!

    ResponderEliminar