sábado, 30 de outubro de 2010

Outono..


Caro leitor (a)

Alguns leitores já terão ouvido falar das depressões de Outono ou, pelo menos, do facto de algumas pessoas associarem o aparecimento do mau tempo a uma certa tristeza e melancolia. Os mais cépticos estranharão a associação e dirão até que há quem se deprima “por tudo e por nada”. Afinal, onde está a verdade?
Qualquer profissional de Saúde Mental conhece a correlação. Há pacientes que descrevem uma agudização da sintomatologia depressiva aquando da mudança de estação. Não se trata “apenas” de melancolia, mas de uma alteração substancial do estado emocional, corroborada por diversas investigações. Os sintomas incluem tristeza persistente, sensação de vazio, incapacidade de sentir satisfação, fadiga, perturbações do sono e do apetite que levam muitas pessoas a necessitar de conselho e acompamnhamento médico.

Não é o meu caso, gosto do Outono e nele me retiro, retempero forças e energias para a Primavera e Verão. Resguardo-me no seu silêncio e procuro entrar num estado de reflexão pessoal sobre tudo o que me rodeia. 

Numa das minhas estadias à volta da lareira debaixo do tecto, onde ouvia o vento, o estalar do lume e a chuva a cair, acompanhado de um bom vinho alentejano e frutos secos, abstrai-me do mundo e da sociedade, pensava em projectos pessoais e profissionais, desejos e aspirações, balanços e perspectivas, constragimentos e frustrações, fiz uma restrospectiva do ano e fiquei com uma imensa vontade de trilhar novos caminhos e objectivos, rumos, rotas e sonhos.  
Ao longo deste ano aprendi com ele que a maior aventura de um ser humano é viajar e a maior viagem que alguém pode empreender é para dentro de si mesmo. O modo mais emocionante de realizá-la é ler um livro, pois um livro revela que a vida é o maior de todos os livros, mas é pouco útil para quem não souber ler nas entrelinhas e descobrir o que as palavras não disseram... Nesta reflexão percebi algumas entrelinhas e delas farei a lição para 2011.

Fotografia tirada daqui!


    

Sem comentários:

Enviar um comentário