quarta-feira, 20 de outubro de 2010

A crise é mágica!



Mentiu com habilidade,
fez quantas mentiras quis;
agora fala verdade
ninguém crê no que ele diz.

Entre grandes e pequenos
Ficávamos quase iguais
Dando a uns pouco menos
E a outros um pouco mais.

Vós que lá do vosso império
prometeis um mundo novo,
calai-vos, que pode o povo
querer um mundo novo a sério.

António Aleixo, "Este livro que vos deixo"

Sem comentários:

Enviar um comentário