sábado, 1 de maio de 2010

Super Mário! Não há fumo sem fogo!


Ao acordar de manhã cedo para vir para o trabalho, ainda com as ramelas nos olhos, ligo a televisão para ver o Bom Dia Portugal (noticiário da manhã da RTP) para ouvir as primeiras noticias do dia! Nem podia acreditar no que estava a ouvir por parte do Dr. Mário Soares, espreite Aqui!
A calma e serenidade com que diz coisas aberrantes e intoleráveis para os ouvidos dos trabalhadores e de quem ao longo destes sucessivos anos tem apertado o cinto em prol do país, quase que me levaram a não vir trabalhar hoje em forma de protesto!
Após ouvir as suas declarações dei-me ao trabalho de numa simples pesquisa no Google com as palavras "Lucros da banca e empresas em Portugal" Os resultados estão aqui:   
A empresa liderada por António Mexia, a REN obteve um lucro de 1,024 mil milhões de euros em 2009.
A Galp Energia obteve em 2009 um resultado líquido a custos de substituição de 213 milhões de euros.
Os analistas da Reuters estimam que a empresa liderada por Paulo Azevedo tenha tido 90 milhões de euros de lucro em 2009.
A Media Capital foi aquele que melhor desempenho apresentou no ano passado, fixando os seus resultados líquidos nos 17,6 milhões.
No período 2005-1º semestre de 2009, de acordo com a própria Associação Portuguesa de Bancos, a banca obteve 10.072 milhões de euros de lucros líquidos. Só nos 9 primeiros meses de 2009, os cinco maiores bancos tiveram 1.447,9 Milhões € de lucros líquidos.
Os resultados líquidos da cervejeira Unicer aumentaram 12% em 2009 face ao exercício anterior, ao atingir os 20 milhões de euros, anuncia a empresa.
No primeiro semestre de 2009, o grupo Águas de Portugal registou lucros de 23,5 milhões de euros e um crescimento de 11,5 por cento no volume de negócios.
No que diz respeito aos ordenados dos gestores e nomeados nem me alongo muito, para matar a curiosidade consulte Aqui.
Com tantos milhões encontrados na net começemos por aqui, porque o zé povinho já está cansado de tanta aldrabice dos nossos sucessivos governantes!

Sem comentários:

Enviar um comentário